Agronegócio

Agronegócio já exporta mais à Ásia que ao Nafta

Um novo mapa se desenha nas exportações do agronegócio brasileiro
Por: -Neila Baldi
9 acessos

Um novo mapa se desenha nas exportações do agronegócio brasileiro. Entre 2000 e 2006 a Ásia cresceu e superou o Nafta entre os principais blocos de destino, chegando ao segundo lugar no ranking, atrás da União Européia. No mesmo período, o Oriente Médio também ultrapassou outro concorrente, o Mercosul, e hoje é o quarto maior comprador dos produtos do campo brasileiro.

"O Brasil melhorou o leque de destinos", diz Matheus Zanella, assessor-técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que analisou os dados da balança comercial do agronegócio. No período, os blocos de países emergentes elevaram a participação entre os destinos, enquanto os dos desenvolvidos reduziram. Produtos como soja, açúcar e carnes explicam a mudança. Além disso, em 2000 o campo exportava para 182 países e hoje, para 214.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink