Algodão: Câmara Setorial aprova equalização do Plano Agrícola e Pecuário

Agronegócio

Algodão: Câmara Setorial aprova equalização do Plano Agrícola e Pecuário

Governo e produtores repassaram os números da safra e traçaram perspectivas para a produção do próximo ano
Por:
315 acessos

A equalização de R$ 5,2 bilhões para produtos agrícolas, proposta no Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2009/2010, deixa o setor em situação confortável, segundo o presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Algodão e seus Derivados, Sérgio De Marco. Durante a 15ª reunião ordinária da câmara, nessa terça-feira (23), em Brasília/DF, governo e produtores repassaram os números da safra que está encerrando e traçaram perspectivas para a produção do próximo ano.

O algodão foi a cultura que teve menor queda nos custos de produção, mais do que a soja e o milho. Se esse fator permanecer, pode pesar positivamente para a safra 2009/2010, já que, pela previsão do setor, a área plantada deve cair 20% em relação à da atual safra.

De acordo com De Marco, uma nova variedade de algodão, chamada de adensado, também podem trazer esperança para a próxima safra. “Se este algodão resultar em produtividade e qualidade, produziremos com um custo ainda menor e a área poderá aumentar”, ponderou.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink