Soja

Alta do dólar e menor oferta na ar elevam preços internos

Valorização do dólar, a menor oferta na Argentin
Por:
55 acessos

A valorização do dólar, a menor oferta na Argentina e expectativas de aumento nas exportações brasileiras impulsionaram os preços internos da soja em grão, que estão, agora, nos maiores patamares do ano.

O movimento de alta nos valores, no entanto, foi limitado pelas expectativas de safra volumosa no Brasil, fundamentadas na boa produtividade em áreas que já estão sendo colhidas, segundo produtores consultados pelo Cepea.

O Indicador ESALQ/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) aumentou 2,25% entre 2 e 9 de fevereiro, a R$ 73,36/sc de 60 de kg na quinta. No Paraná, o Indicador CEPEA/ESALQ subiu 1,68%, a R$ 68,39/sc de 60 kg.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink