Alta no custo do frete e queda no preço do milho preocupa produtores de MT
CI
Agronegócio

Alta no custo do frete e queda no preço do milho preocupa produtores de MT

Valor do frete encontra-se 7% mais caro do que o preço do milho
Por:

Produtores encerram plantio e se concentram no escoamento da produção

Com o término no plantio do milho, os produtores de Mato Grosso estão preocupados com o custo do escoamento da produção. O aumento do valor gasto com o frete de transporte do produto e a queda no preço pago pela saca do milho está provocando a falta de rentabilidade para o agricultor do estado.

De acordo com o último boletim divulgado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), o valor do frete hoje encontra-se 7% mais caro do que o preço do milho, considerando preços da saca na casa dos R$ 13 e o valor do frete custando R$ 320/t, no trecho Sorriso-Santos.

A expectativa baixista para os preços tem contribuído com o baixo volume dos negócios. A safra atual é marcada pela lenta comercilização do produto. Apenas 20% da produção foi vendida. No ano passado, neste mesmo período chegava a 70%, conforme o Imea.

Exportação - As exportações mato-grossenses de milho totalizaram 1,5 milhão de toneladas em fevereiro. O volume é o maior já registrado na história para o mês em questão e representa 69% dos 2,2 milhões de toneladas exportadas pelo Brasil. No comparativo com fevereiro de 2012, quando o Estado embarcou 157 mil toneladas do cereal, o valor atual é superior em 901%.

Desde julho de 2012, quando a safra 11/12 começou a ser exportada, Mato Grosso enviou para o exterior mais de 12 milhões de toneladas, equivalentes a 51% do montante total brasileiro de 23 milhões de toneladas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.