Bovinos

Alta nos preços da carne bovina no atacado

Nos últimos sete dias a alta foi de 2,0%, em média
Por:
15 acessos

Já são três semanas de alta nos preços da carne bovina sem osso no atacado, na média de todos os cortes pesquisados pela Scot Consultoria.

Nos últimos sete dias a alta foi de 2,0%, em média. Valorização de 2,0% para os cortes de traseiro e de 2,1% para os de dianteiro.

Já nos últimos trinta dias, a alta acumulada foi de 4,3%. Entre os cortes pesquisados, destaque para o contrafilé, com alta de 11,7% e o miolo da alcatra e picanha, ambos com alta de 9,6% no período.

Desde o início do mês a demanda vem apresentando melhora e colaborando com a firmeza do mercado do boi gordo.

Vale destacar que, junto a melhora do consumo no mercado interno, as exportações vêm apresentando bons resultados nos últimos cinco meses, em relação a 2016, e em novembro o cenário não deve ser diferente.

Para curto prazo, a expectativa é que o consumo continue aquecido e favorecendo para a firmeza no mercado do boi gordo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink