Altas expressivas nas cotações do café arábica
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,122 (0,29%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,14%)

Imagem: Eliza Maliszewski

MERCADO NACIONAL

Altas expressivas nas cotações do café arábica

Altas movimentaram o mercado nacional
Por: -Aline Merladete
722 acessos

As cotações do café arábica tiveram expressiva alta no final de julho, movimentando o mercado nacional, de acordo com pesquisas do Cepea. No acumulado do mês (de 30 de junho a 31 de julho), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, avançou 53,61 Reais por saca (ou 10,5%), fechando a R$ 561,40/saca de 60 kg no dia 31.

Diante disso, o Indicador voltou aos patamares reais observados no encerramento de maio deste ano (os valores foram deflacionados pelo IGP-DI de jun/20). A alta foi influenciada pelo avanço nos valores internacionais da variedade e pela demanda firme, especialmente para cafés de melhor qualidade. Além disso, grande parte dos cafés finos e bons de 2020/21 já foi negociada em meses anteriores de forma antecipada, contexto que tem limitado a oferta deste grão no spot.

Quanto ao robusta, as primeiras floradas da safra 2021/22 foram registradas em lavouras do Espírito Santo e em Rondônia. Em relação aos preços da variedade, mesmo com a colheita finalizada e as floradas iniciais já ocorrendo, avançaram no final de julho. Entre 30 de junho e 31 de julho, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima registrou alta de 11,47 Reais por saca (ou de 3,2%).

Informações do boletim informativo Cepea.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink