Alternativas para aumento de produtividade são discutidas pela BASF
CI
Agronegócio

Alternativas para aumento de produtividade são discutidas pela BASF

Destaque para a apresentação do Digilab 2.0
Por:
Participação da empresa será focada em suas soluções para aumento de produtividade
 
A BASF, uma das maiores fabricantes de defensivos agrícolas do país, participará da próxima edição do Showtec Maracaju, que será realizado entre os dias 25 e 27 de janeiro. Este ano, o evento tem como tema principal “Produção de alimentos com consciência ambiental”, e discutirá o incentivo à utilização de novas tecnologias para aumentar a produtividade e a rentabilidade dos agricultores.
 
Segundo o gerente de Negócios e Cereais Centro-Sul da BASF, Marcelo Batistela, a discussão sobre sustentabilidade no campo é extremamente positiva: “Eventos como este favorecem a tomada de decisão do agricultor por melhores práticas. Nesse sentido, apresentaremos nossa linha de produtos e serviços que colaboram para um manejo mais eficiente e sustentável” argumenta Batistela.
 
Soluções BASF
 
Para auxiliar o produtor a obter melhores resultados a BASF estará presente mais uma vez no Showtec, onde apresentará suas soluções aos agricultores da região. Dentre os destaques estão o Digilab 2.0 e sua versão mobile, o fungicida Abacus® HC e o já consagrado Sistema AgCelence® Soja Produtividade Top.
 
O Digilab é um serviço portátil de assistência técnica e diagnóstico de doenças, pragas e plantas daninhas, que permite a rápida identificação de sintomas iniciais em diferentes tipos de lavouras. Uma forma de auxiliar o produtor a escolher de maneira mais rápida o procedimento adequado de prevenção ou combate. O serviço é composto por um microscópio digital, capaz de aumentar a imagem em até 200 vezes e um software, no qual um banco de dados e imagens das principais doenças nos principais cultivos agrícolas esta disponível. Desta forma, os usuários podem compartilhar imagens e esclarecer dúvidas, bem como receber diagnósticos de profissionais habilitados em um formato exclusivo de assistência técnica virtual.
 
A versão 2.0 do Digilab que será demonstrada durante o evento é uma evolução da anterior, já que oferece ainda mais agilidade e assertividade no diagnóstico de alvos no campo, por meio de um sistema de navegação mais intuitivo, de fácil manuseio e que permite a troca completa de informações. Seu software é compatível com quase todos os sistemas operacionais e as informações são mais personalizadas, atendendo às necessidades específicas de cada usuário.
 
Outra novidade é a presença de GPS acoplado ao hardware do equipamento, que possibilitará o georreferenciamento de uma determinada praga ou doença. Esse tipo de informação, posteriormente, vai gerar um mapa completo de ocorrências.
 
Além disso, será apresentada uma versão mobile do Digilab 2.0, que possibilitará aos usuários fotografarem pragas, doenças e plantas daninhas por meio de telefone celular, obtendo respostas automáticas de possíveis diagnósticos da propriedade. Em breve este serviço estará disponível aos a usuários de smartphones.
 
Já Abacus® HC é recomendado para o manejo de milho. O fungicida apresenta alta eficiência no controle das ferrugens (Puccinia sorghi e Puccinia polysora) e de phaeosphaeria (Phaeosphaeria-maydis). O produto ajusta-se muito bem às demandas específicas da cultura do milho e assim, pode promover uma maior rentabilidade ao produtor.
 
Por fim, o Sistema AgCelence® Soja Produtividade Top, apresenta características únicas para o manejo da cultura de soja. Além do controle fitossanitário, o programa de manejo com os produtos Standak® Top, Comet® e Opera® proporciona melhor relação de transformação da água, luz e nutrientes em energia e grãos. Estudos no campo apontam que, se todos os procedimentos forem seguidos corretamente, pode haver um aumento de até 5% na produtividade. Algo em torno de três sacas a mais por hectare. “Este modelo de manejo proposto pela BASF é o único que combina práticas desde o plantio até a colheita. Na fase intermediária as plantas estão mais verdes e com mais folhas e ramos. Na terceira etapa há um alto nível de sanidade das plantas, permitindo a manutenção da área foliar o que favorece o maior enchimento das vagens, e como conseqüência o aumento da produtividade”, explica o gerente de Vendas da Regional Campo Grande da BASF, Fabiano Medeiros Mariano.
 
Sobre o evento
 
O Show Maracaju acontece entre os dias 25 e 27 de janeiro. O evento é uma iniciativa da Fundação MS, responsável por incentivar e promover pesquisas para a melhoria da produção agrícola na região Centro-Oeste do Brasil, com o apoio de outras instituições públicas e privadas do Estado. Nesta edição são esperados mais de 15 mil visitantes durante os três dias da feira.
 
Serviço

Local: Sede da Fundação MS
Endereço: Estrada da Usina Velha - Km 02 - Maracaju - MS
Período: 25 a 27 de janeiro de 2012
http://www.fundacaoms.org.br/

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.