Alto Paraíso/GO quer ser pólo fruticultor

Agronegócio

Alto Paraíso/GO quer ser pólo fruticultor

Por:
397 acessos

Produtores e técnicos da área de fruticultura se reuniram em Alto Paraíso para discutir sobre o desenvolvimento da produção de frutas no município e região. Este segmento é uma alternativa a mais para os produtores da região, uma vez que praticamente todo município está incluído na Área de Proteção Ambiental (APP) de Pouso Alto, onde a altitude verificada na região é de 1.250 metros em média.

No encontro, realizado no último dia 19 de junho, foi apresentada uma palestra sobre as potencialidades da fruticultura em Goiás, destacando Alto Paraíso como sendo uma das melhores regiões para a produção de frutas em todo Estado goiano. Foram abordados aspectos climáticos, ambientais e de comercialização, destacando os avanços e os gargalos na fruticultura nacional e estadual. Exposições sobre o desenvolvimento da cultura da uva no Estado de Goiás e sobre frutos nativos do Cerrado também foram apresentados.

O prefeito de Alto Paraíso, Divaldo William Rinco, que esteve presente no evento, delegou ao secretario Municipal de Planejamento, Jerson Paulo Nagel, as ações para o projeto piloto para o desenvolvimento da cultura da uva na cidade, devido a região ser propícia à produção desta fruta.

Segundo o presidente da Comissão de Fruticultura da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Dirceu Cortez, a Federação prestará todo apoio para o sucesso do projeto fruticultura do governo municipal de Alto Paraíso, por meio do Sindicato Rural.

Visitas

Na ocasião, também foram visitadas algumas propriedades rurais, inclusive uma onde já existe um pequeno projeto de beneficiamento de produtos nativos do Cerrado, com ênfase para a castanha do baru e o gergelim, com produção de óleo, cosméticos e alimentos. Foram visitadas também as instalações da pequena agroindústria e as máquinas e estruturas de laboratórios, sala de esmagagem, equipamentos, entre outros. Em seguida, foi visitada a propriedade rural onde é feita a coleta dos frutos e o pré-beneficiamento. Toda produção compreende uma área de aproximadamente 78 hectares.

A equipe também visitou a propriedade do prefeito municipal onde foram verificadas áreas de interesse para que se inicie o projeto piloto da cultura da uva em Alto Paraíso. (Alexandro Alves – assessor técnico da Comissão de Fruticultura da Faeg)


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink