Alunos do curso Técnico em Agronegócio participaram de aula prática na Paraíba Agronegócios

Agronegócio

Alunos do curso Técnico em Agronegócio participaram de aula prática na Paraíba Agronegócios

Alunos do curso Técnico em Agronegócio do SENAR visitaram a Expofeira Paraíba Agronegócios 2016, para uma aula de Introdução ao Agronegócio.
Por:
873 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

Cento e vinte alunos do curso Técnico em Agronegócio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) da Paraíba visitaram a Expofeira Paraíba Agronegócios 2016, no último sábado (24), para uma aula prática da disciplina Introdução ao Agronegócio. Ao longo do dia eles assistiram a palestras com consultores do setor que expuseram suas práticas e experiências no campo. Durante a visitação ao Parque de Exposições, os alunos selecionaram áreas e cadeias em relação às quais tem mais interesse para o desenvolvimento de um relatório ao longo da disciplina.

O presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do estado (FAEPA) e do Conselho Administrativo do SENAR-PB, Mário Borba, fez a abertura do encontro e falou sobre a importância da capacitação técnica para melhoria da atividade no campo. “O conhecimento, a tecnologia e a inovação é o que buscamos no agronegócio. Precisamos dobrar a produção até 2050, meta prevista pela FAO que só pode ser alcançada por meio da tecnologia. Aqui vocês estão buscando justamente o conhecimento que viabiliza realizações assim”, comentou.

O coordenador de tutoria do Departamento de Educação Formal (DEF) do SENAR, Edivaldo Júnior, explicou que nesse estágio, primeiro semestre do curso, os alunos participam de uma disciplina que é porta de entrada para vivenciar todo contexto do agronegócio.

“Além das visitas aos estandes e o acesso às palestras, os estudantes das turmas de Alagoa Grande, João Pessoa e Campina Grande também localizaram as cadeias produtivas com as quais se identificam. Eles têm a tarefa de compreender como elas são conduzidas e trabalhadas pelos agropecuaristas, desde a questão de crédito e suporte econômico até o trabalho técnico em campo”, afirmou Edivaldo.

A visita ao Parque de Exposições também foi acompanhada pelo superintendente do SENAR, Sérgio Martins, que falou sobre a importância do ensino e sua capacidade de provocar mudanças. “A gente muda as pessoas através da educação. E ela só transforma pela dignidade, mas é preciso que a pessoa tenha um objetivo. Esse potencial aumenta a nossa responsabilidade”, sentenciou.

A aluna do polo de Campina Grande, Ione Terezinha é natural de Alcantil. A região conhecida pela produção de leite, mas o interesse de Ione é atuar na agricultura. “Foi muito bom estar porque a gente vê outras possibilidades de negócios além de gado e caprino. Minha cidade tem potencial para o agronegócio e eu quero explorar isso e investir na produção agrícola”, avaliou.

A diversidade do setor também foi reconhecida pelo representante de vendas Fabiano Barros, que tem interesse em trabalhar na caprinovinocultura. “Se você for analisar e pontuar onde a gente pode atuar, você não encontra um fim. Estou tentando focar e perceber em que a gente pode dar andamento”, concluiu.
Integração

A aula prática funcionou com uma atividade de integração para as turmas dos três polos do curso técnico. Durante a visita foi realizada uma atividade na qual os grupos trocaram mensagens de apoio e incentivo. “Foi um momento muito importante, no qual aproveitamos para reforçar o compromisso deles com o curso”, avaliou a chefe do DEF, Poliana Queiroz.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink