Análise Agrolink: Milho sobe na Bolsa de Chicago
CI
Agronegócio

Análise Agrolink: Milho sobe na Bolsa de Chicago

Mercado aguarda o relatório de progresso do plantio
Por: -Leonardo Gottems


A Bolsa de Cereais de Chicago registrou nesta sexta-feira (17.05) alta de 11 centavos de dólar no preço do milho nos contratos de Julho deste ano. Suporte à safra antiga foi a história do dia no mercado de milho, com o contrato de julho subindo acentuadamente, enquanto dezembro derivou em território negativo. 


Ofertas agressivas de processadores do oeste dos EUA e um spread alto foram vistos como fatores de apoio. O mercado aguarda o relatório de progresso do plantio, previsto para a próxima segunda-feira (20.05) à tarde, com projeções variando em torno de 50% a 70%. Um bem conceituado analista de grãos ouvido pelo CME Group estimou que a área plantada deva ficar em 96,83 milhões de hectares, abaixo da previsão do USDA, de 97,3 milhões. 


A produtividade foi estimada em 160,9 bushels por acre – acima em comparação com a estimativa do USDA, de 158 bushels por acre. Muitos no mercado esperam uma queda na área plantada de milho neste relatório do USDA, dado o início tardio. A maior parte da área plantada será transferida para a soja, sorgo ou algodão. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.