Angus bate recorde e vende touro a R$ 734,4 mil
CI
Imagem: Adriana Moura /VPJ
VENDA

Angus bate recorde e vende touro a R$ 734,4 mil

O leilão teve média de R$ 20.730,00 para os machos Angus e de R$ 38.138,46 para as fêmeas
Por:

Na finaleira de uma Primavera de grandes resultados, a raça Angus bateu seu recorde histórico de preço neste final de semana. O touro VPJ Higher Proactive IA001 foi arrematado por R$ 734,4 mil no Leilão VPJ, na tarde de sábado (31/10), em Jaguariúna (SP). O animal, de linhagem com seleção focada em marmoreio, irá para o Grupo Golin e já tem 100 mil doses de sêmen contratadas pela Select Sires. O preço top veio em uma sequência de recordes, uma vez que, minutos antes, o reprodutor VPJ Koobe Consensus 1060 teve cota de 50% arrematada por R$ 360 mil. 

Até este sábado, o maior valor já pago por um animal Angus no Brasil era da Cabanha São Marco, de Itapeva (SP), que negociou 50% da vaca Cayenne TESM024 Wide de São Marco por R$ 240 mil em junho de 2019. No ano passado, a própria VPJ já tinha batido o recorde entre os machos com a comercialização de 50% de touro da linhagem Marbling por R$ 150 mil em seu leilão de Primavera. “Isso mostra que estamos no caminho certo e que quem investe em genética tem retorno” ponderou o presidente da Associação Brasileira de Angus, Nivaldo Dzyekanski, que anunciou oficialmente o recorde da raça ao lado do criador Valdomiro Poliselli Jr no recinto Red Eventos. “Missão cumprida. Foi um leilão coroado de êxito”, comentou o presidente do Grupo VPJ.

O leilão teve média de R$ 20.730,00 para os machos Angus e de R$ 38.138,46 para as fêmeas. Entre os sete touros Angus de central negociados, a média foi de R$ 193.581,82.  Ao todo – incluindo bovinos das raças Angus, Brangus, Red Brahman e Ultrablack - a receita do leilão atingiu R$ 4.034.840,00. Na raça Ultrablack, destaque para o lote VPJ Ultrablack Whirt FIV006, touro arrematado por José André Arruda Lima por R$ 39,6 mil.

Dzyekanski ressaltou o expressivo crescimento dos touros nacionais, que vêm ganhando espaço na venda de sêmen e presença nas centrais de inseminação. “O mercado precisa de animais melhoradores para uso de sêmen e em monta natural. Esse leilão é a prova de que o touro Angus adaptado aos sistemas de produção nacional tem um mercado fantástico”, frisou.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink