Agronegócio

Aos 25 anos, TO é referência na produção de melancia, abacaxi e banana

O estado do Tocantins produziu no ano passado aproximadamente de 175 mil toneladas de frutas, contra pouco mais de 40 mil toneladas que eram produzidas no início da década de 1990
Por:
1870 acessos
Ao longo dos 25 anos de existência do Estado, a melancia, o abacaxi e a banana encontraram condições propícias de solo, clima e disponibilidade hídrica para se desenvolverem. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Tocantins produziu no ano passado aproximadamente de 175 mil toneladas de frutas, contra pouco mais de 40 mil toneladas que eram produzidas no início da década de 1990, conforme estimativa do setor de Desenvolvimento Vegetal da Secretaria da Agricultura e Pecuária (Seagro).

A melancia é o destaque da produção de frutas no Estado, sendo responsável por metade do total produzido – pouco mais de 96 mil toneladas de produção. A maior parte dessa produção (cerca de 90%) encontra-se em apenas dois municípios: Formoso do Araguaia e Lagoa da Confusão, através do plantio de subirrigação. Também é plantada a melancia no período de estiagem, em terrenos úmidos onde são produzidos arroz no período chuvoso. 

De acordo com o secretário da Agricultura e Pecuária, Jaime Café, a produção de melancia na região das várzeas tocantinense é referência nacional. “Nós exportamos essa melancia para diversas regiões do Brasil, como os mercados de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, que conhecem a qualidade da nossa produção”, afirmou Café, ressaltando ainda o alto índice da produtividade da fruta no Tocantins, onde é possível colher mais de quatro mil toneladas por hectares. 

Abacaxi

O abacaxi é a segunda maior produção, em termos de fruticultura no Estado. Com uma produção de 34,2 mil toneladas, a fruta é produzida em todas as regiões do Tocantins, com destaque para os municípios de Miracema, Miranorte, Barrolândia e Porto Nacional.  “O Tocantins ocupa a sétima posição na produção de abacaxi no Brasil e seu principal diferencial em relação aos outros estados, é o período da colheita entre os meses de dezembro a maio, período que é entressafra dos estados produtores do sudeste e nordeste”, explicou o engenheiro agrônomo da Seagro Genebaldo Queiroz.

Banana

A banana é a terceira fruta mais cultivada no Estado, que ao longo dos 25 anos do Tocantins se desenvolveu, principalmente, em termos de produtividade. Em 1992, o Tocantins registrava uma produtividade de 6 mil kg por ha e em 2011, este número já subiu para mais de 30 mil kg de banana por ha plantado.
 
A comercialização da banana é voltada para o abastecimento do mercado interno, além de ser comercializada para os estados vizinhos, como Maranhão, Pará e Goiás. “A produção de banana, sobretudo através do Programa de Produção Integrada de Frutas, tem potencial de crescer mais, com melhoria na qualidade, eficiência e controle de doenças”, afirmou o engenheiro agrônomo da Seagro.
 
Demais produções

O Tocantins ainda produz coco-da-bahía, laranja, manga, maracujá, caju, mamão, tangerina, limão, melão, com produção incipiente. Contudo, com a implantação dos projetos de irrigação São João (Porto Nacional), Manuel Alves (Dianópolis), e Gurita (Itapiratins), deverá impulsionar a produção de maracujá, melão, além de uva.  
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink