Appa reúne operadores para discutir desembarque de fertilizantes
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)


Agronegócio

Appa reúne operadores para discutir desembarque de fertilizantes

A chuva impede o embarque de granéis para exportação e o desembarque dos granéis importados
Por:
904 acessos
O mau tempo que atingiu o litoral do Paraná neste mês de junho tem atrasado as operações portuárias. A chuva impede o embarque de granéis para exportação e o desembarque dos granéis importados, principalmente os fertilizantes. A conseqüência direta deste impedimento nas operações é uma maior demora no atendimento aos navios, causando um acúmulo de embarcações aguardando para atracar nos portos paranaenses.


Levando em conta que as previsões meteorológicas indicam ainda mais chuvas para os próximos dias, a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) reuniu todos os intervenientes do setor de fertilizantes que atuam nos portos paranaenses para discutir soluções para melhor atender estes navios e diminuir o tempo de espera.

De acordo com o superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino, a administração dos portos já disponibiliza oito berços de atracação para atender os navios de fertilizantes. “Somos o maior porto importador de fertilizantes no Brasil. Este ano, o setor está trabalhando um pouco diferente do ano passado, a movimentação deve ser mais concentrada nestes próximos meses e por isso estamos nos adiantando para encontrar soluções e evitar problemas”, disse.


“Temos mais de um milhão de toneladas do produto para serem descarregados em Paranaguá e a previsão do tempo divulgada pelo Simepar aponta mais chuva para o litoral nos próximos dias. Convocamos todos os operadores e intervenientes para estabelecer uma força tarefa para descarga dos navios nos períodos em que não temos chuva“, completou Dividino.

Segundo o meteorologista Reinaldo Kneib, do Simepar, pela estação de Antonina foram registrados 215,8 milímetros de chuva neste mês de junho. Do dia primeiro ao dia 17, foram 12 dias chovendo. A chuva, segundo Kneib, está bem acima do normal, a média para essa época é de 150 milímetros.


Para esta semana, o Simepar prevê tempo instável e chuvoso até sexta-feira. Somente no final de semana o tempo volta a ficar seco. Deve voltar a chover no final do mês, quando uma nova frente fria chega à região.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink