Aprosoja/MT fará palestra sobe o agronegócio brasileiro em Conferência Mundial

Agronegócio

Aprosoja/MT fará palestra sobe o agronegócio brasileiro em Conferência Mundial

Na oitava edição, a associação irá mostrar potencial produtivo do Brasil e de Mato Grosso para investidores
Por: -Janice
439 acessos

Pela primeira vez uma entidade rural fará apresentação sobre o agronegócio brasileiro na Conferência Mundial de Pesquisa de Soja. A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja/MT) irá ministrar palestra e participará de debates durante a oitava edição do evento, que este ano será realizada de 11 a 15 de agosto em Pequim, na China.

Os representantes dos sojicultores brasileiros participam logo no primeiro dia (11-08) do Simpósio “Indústria da Soja nos Maiores Países e Regiões Produtoras”. O tema da palestra a ser ministrada pelo diretor executivo da Aprosoja/MT, Marcelo Duarte Monteiro e pelo superintendente do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Seneri Paludo será “Tendências para a Indústria de Soja em Mato Grosso”.

A entidade divide espaço com um representante chinês que abordará o “Avanço da Pesquisa de Soja na China” e com um representante dos Estados Unidos, que tratará sobre o processo de industrialização da soja naquele país, cujo tema da palestra será “Produção e Processamento da Soja, Conhecendo a Demanda do Mundo”.

O diretor executivo da associação Marcelo Duarte Monteiro destaca ainda que o evento irá proporcionar o intercâmbio de informações no que tange o associativismo e o cooperativismo. “Nas edições anteriores, a associação participou apenas como ouvinte e entidades que representam as tradings desempenharam o papel de representar o agronegócio do Brasil. A participação da Aprosoja/MT nesta edição, demonstra que há reconhecimento sobre o crescimento e a força dos produtores de soja, que estão cada vez mais organizados por meio do associativismo e do cooperativismo”.

O presidente da associação, Glauber Silveira, e o diretor executivo da entidade se juntarão a lideranças do setor agrícola de diversos países e irão conferir vários simpósios que ocorrerão simultaneamente e trarão os últimos progressos tecnológicos e científicos na área de pesquisa e novidades sobre a indústria da oleaginosa. Temas relacionados à genética, biologia molecular, biotecnologia, genoma, fisiologia, produtos e usos da soja, logística e armazenagem, tecnologia de produção do grão, estão entre os assuntos que irão pautar os debates.

De acordo com Glauber, a Aprosoja/MT tem como objetivos apresentar dados estatísticos sobre o potencial produtivo do agronegócio brasileiro e de Mato Grosso, além mostrar que o estado, que é o primeiro em produção de soja no Brasil com 17,96 milhões de toneladas e que também assume na safra 08/09 o posto de primeiro em produção de grãos com 27,48 milhões de toneladas, tem condições de se tornar cada vez mais competitivo.

“A região passa a ser atrativa aos olhos de investidores quando se apresenta, por exemplo, projetos e ações concretas para solucionar os problemas logísticos e de infraestrutura, ações que incentivem a produção do ponto de vista socioeconômico e ambiental e que tenha propostas que visam o incentivo à instalação de indústrias esmagadoras, de beneficiamento, e de transformação. A Aprosoja tem Comissões especializadas em atuar nestas frentes de trabalho”, enumera Glauber. As informações são da assessoria de imprensa da Aprosoja.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink