Aprosoja passará por mudanças estatutárias e regimentais

Agronegócio

Aprosoja passará por mudanças estatutárias e regimentais

Documentos serão levados para aprovação em assembleia geral da entidade em dezembro
Por:
1436 acessos

Documentos serão levados para aprovação em assembleia geral da entidade em dezembro

O Estatuto e o Regimento Interno da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) estão sendo modificados. Desde maio, um grupo de trabalho (GT) tem debatido a atualização das regras para um melhor funcionamento da entidade, a partir das contribuições de seus núcleos, os quais representam os associados em municípios produtores.

“Inicialmente, a proposta era aprimorar o processo eleitoral. Mas, durante esse trabalho, outros pontos importantes também foram revistos pela diretoria e pelos delegados da Aprosoja, bem como pelo GT”, explica Patrícia Camila Fraga, assessora jurídica da Aprosoja. Nesta semana, o GT finaliza o trabalho em relação ao Estatuto, após análises das sugestões vindas da base.  

Os delegados dos Núcleos propuseram alterações que foram analisadas pelo grupo de trabalho levando em consideração o embasamento jurídico, bem como as diretrizes de governança da Aprosoja.

Os textos do Estatuto e do Regimento Interno serão apresentados em assembleia ordinária da Aprosoja, que será realizada no dia 8 de dezembro, em Cuiabá. Segundo a assessora, além das propostas em relação ao tempo de mandato da diretoria da Aprosoja, também foi analisada a permanência do Conselho de Representantes, formado pela diretoria, delegados, Conselhos Fiscal e Consultivo, entre outros pontos.

De acordo com Patrícia Fraga, a participação dos Núcleos foi bastante positiva. “As contribuições impulsionaram ainda mais os trabalhos e apresentaremos uma proposta interessante para todos os associados durante a próxima assembleia, as quais serão encaminhadas previamente para análise e entendimento dos Núcleos”, informa a assessora jurídica. A Assembleia Geral será realizada no dia 8 de dezembro, em Cuiabá.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink