Aprovadas Normas Técnicas para Produção Integrada de Morango

Agronegócio

Aprovadas Normas Técnicas para Produção Integrada de Morango

As normas técnicas específicas para a Produção Integrada de Morango foram publicadas, nessa quinta-feira (03-04), no Diário Oficial da União (DOU)
Por:
207 acessos
As normas técnicas específicas para a Produção Integrada de Morango foram publicadas, nessa quinta-feira (03-04), no Diário Oficial da União (DOU). O objetivo é que esse instrumento auxilie na produção de alimentos seguros, de qualidade e que respeitem o meio ambiente.


A Instrução Normativa n° 14 considera como pequeno produtor de morango aquele que cultiva até 1,0 hectare por ciclo de produção e recomenda a vinculação desse produtor a uma entidade de classe ou a uma associação envolvida com a Produção Integrada de Morango. Os procedimentos de colheita e pós-colheita do morango são efetuados de forma cuidadosa para evitar danos às frutas. Além disso, é necessário evitar a exposição ao sol ou à chuva, bem como utilizar caixas plásticas limpas e higienizadas. Periodicamente são realizadas amostragens de frutas para a verificação de resíduos de agrotóxicos.


De acordo com o coordenador-geral de Sistemas Agropecuários de Produção Integrada (Sapi), da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo (SDC), Luiz Carlos Bhering Nasser, os produtores participaram de todas as etapas dos projetos pilotos de Produção Integrada de Morango e as normas foram validadas a campo, com a orientação técnica das coordenações nos estados do Rio Grande do Sul, São Paulo, Espírito Santo e Minas Gerais. “Essa Instrução Normativa constitui uma vitória da parceria público-privada entre a cadeia produtiva do morango e as entidades dos governos estaduais e federal, sob a coordenação do Mapa”, enfatizou.


Hoje, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento trabalha com 48 projetos de Produção Integrada, em 18 estados da Federação.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink