Aquaponia - Produção integrada de peixes e vegetais é tema de curso no Amapá

Agronegócio

Aquaponia - Produção integrada de peixes e vegetais é tema de curso no Amapá

A Embrapa Amapá realiza curso de aquaponia dirigido a extensionistas, produtores e técnicos que atuam nestas atividades
Por:
745 acessos

A Embrapa Amapá realiza, no período de 25 a 28 de outubro, em Macapá, um curso de aquaponia - criação de peixes associada ao cultivo de vegetais – dirigido a extensionistas, produtores e técnicos que atuam nestas atividades. São abordadas questões sobre os componentes do sistema aquaponia, experiências comerciais bem-sucedidas, cultivo integrado de camarão-da-Amazônia e alface em aquaponia, entre outros. Aquaponia é uma tecnologia que consiste na integração dos cultivos de peixes e vegetais sem uso de solos e utilizando a recirculação da água.

A novidade despertou o interesse da tecnóloga em gestão ambiental, Josineide Barbosa Malheiros, responsável pelo projeto "Pesca sustentável na costa amazônica", financiado pela Unesco e com abrangência em comunidades de Macapá (Bailique), Santana e Mazagão. "É uma iniciativa muito boa, porque ainda não desenvolvemos esse sistema e vejo como uma opção de produção sustentável para as famílias que atuam em piscicultura e hortaliças. Está sendo interessante conhecer melhor como funciona o sistema de aquaponia e suas vantagens, especialmente os benefícios da redução de tempo, esforço, custos e consumo de água".  

O objetivo geral do curso é contribuir para aprimorar as noções sobre o sistema integrado de produção de mudas de hortaliças, manejo e montagem do sistema de aquaponia, qualidade de água e métodos de avaliação econômica. Coordenado pelo pesquisador Jô de Farias Lima, o evento também busca aprimorar o conhecimento técnico dos participantes sobre o histórico da aquaponia no mundo e no Brasil, princípios biológicos do sistema, aspectos gerais sobre nutrição vegetal, ambientes de criação dos peixes e manejo, importância da qualidade da água em sitemas de produção aquícola, entre vários outros temas com enfoques teórico e prático.  Atuam como instrutores, além do coordenador do curso, os pesquisadores Marcos Tavares Dias, José Francisco Pereira, Jorge Federico Orellana Segovia e o analista Daniel Montagner (Embrapa Amapá) e o pesquisador Paulo Cesar Falanghe Carneiro, da Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju / Sergipe).

Paulo Cesar Carneiro é agrônomo, tem mestrado em aquicultura e doutorado em zootecnia e desde 2014 tornou a aquaponia seu objeto de estudo na Embrapa. Responsável pela implantação do Laboratório de Pesquisa em Aquaponia (LAPAq) da Embrapa Tabuleiros Costeiros, Paulo Carneiro diz que a grande vantagem da aquaponia é o fato de ser um sistema fechado com aproveitamento integral da água, o que acarreta economia de até 90% em relação à agricultura convencional e acaba com o problema da eliminação de efluentes na natureza, que representa um sério risco ambiental.  

De acordo com publicação da Embrapa Tabuleiros Costeiros, o termo aquaponia é derivado da combinação das palavras "aquicultura" (produção de organismos aquáticos) e 'hidroponia' (produção de plantas sem solo). Ela é composta por um tanque no qual são produzidos os peixes. Alimentados por ração, eles liberam dejetos ricos em nutrientes que, por sua vez, bombeados para uma parte superior, nutrem os vegetais. As raízes, ao retirar os nutrientes, purificam a água que retorna por gravidade para o local onde são produzidos os peixes. Paulo Cesar Carneiro acredita que a aquaponia se tornará popular no Brasil a exemplo do que já acontece há mais de dez anos em vários países, embora ainda seja pouco conhecida por aqui. Ele acrescenta ainda que caso haja resistência em abater os peixes, o produtor pode criar peixes ornamentais.  

Dia de Campo na TV sobre Aquaponia:

https://www.youtube.com/watch?v=FW8XRUXhcZI


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink