Aracruz decide hipotecar fábrica

Agronegócio

Aracruz decide hipotecar fábrica

Por:
328 acessos

O Conselho de Administração da Aracruz autorizou, ontem, a diretoria da empresa de celulose a hipotecar a unidade industrial de Guaíba, incluindo terrenos, benfeitorias e edificações em benefício do BNDES. O conjunto foi avaliado em R$ 889,158 milhões em setembro do ano passado. O diretor de operações da empresa, Walter Lídio, disse não ter sido informado da operação, mas classificou a medida como normal e sem impacto operacional na unidade. "É um processo de mercado. A unidade é integrada à Aracruz e pode servir de fiança quando necessário", afirmou.

A unidade opera com sua capacidade normal e deve fechar este ano com produção de 430 mil toneladas de celulose. A fabricação tem como principal destino a Ásia. "O que hoje prestamos atenção é na retomada do mercado comprador. Há sinais de que gradativamente o mercado começa a demandar celulose", disse.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink