Área de trigo argentina deve ser 30% maior

Agronegócio

Área de trigo argentina deve ser 30% maior

4,7 milhões de hectares
Por: -Leonardo Gottems
1432 acessos

 

A área plantada de trigo deve crescer em torno de 30% na safra 2016/17. É o que apontam, em média, alguns levantamentos que vêm sendo feitos no país vizinho e divulgados pela Consultoria Trigo & Farinhas.

Uma pesquisa realizada pelo grupo agropecuário Crea junto a mais de 1.500 agricultores na Argentina mostrou que, em média, deverão aumentar em 33% sua área de trigo. A Sociedade Rural Argentina (SRA), que reúne os produtores de maior escala, prevê um incremento de 27%. “Isto ampliaria a área de trigo para 4,7 milhões de hectares, o que deveria resultar em uma produção superior a 14 milhões de toneladas”, declarou Ernesto Ambrosetti, economista de SRA. 

A Bolsa de Cereales de Buenos Aires disse que poderia elevar sua estimativa de um incremento de 25% da superfície de trigo, dependendo do ritmo a que os campos se recuperem das graves inundações que sofreram em abril algumas das mais importantes regiões agrícolas do país.

“Esperamos um incremento da área de semeadura de cerca de 30%, podendo inclusive ser ainda maior, dependendo dos preços. Esto implicaria uma produção entre 15 milhões a 16 milhões de toneladas, o que significaria exportações de 9 milhões a 10 milhões de toneladas”, afirmou David Hughes, chefe da câmara setorial ArgenTrigo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink