Argentina: vendas de estoques de soja têm 45 dias de atraso?
CI
Agronegócio

Argentina: vendas de estoques de soja têm 45 dias de atraso?

Expectativa é de grande desvalorização do Peso Argentino
Por: -Leonardo Gottems

Segundo dados do Ministério da Agricultura argentino, as vendas de soja no país vizinho atingiram apenas 29% dos estoques - ou 16,4 milhões de toneladas - de uma produção estimada em 56 milhões de toneladas. Essa proporção de vendas geralmente acontece por volta do fim de março, dizem relatórios da Bolsa de Comercio de Rosario.


Uma das razões para o atraso é o clima, que atrasou substantacialmente a colheita de soja em regiões como o norte da província de Santa Fé. Um segundo fator, mas não menos importante, é uma expectativa de grande desvalorização do Peso Argentino em relação ao Dólar.


Aguardar a depreciação faria produtores e traders lucrarem mais com exportações, afirma o Blog AgroSouth News. Pablo Adrani, diretor da consultoria Agripac, estima que os ganhos podem aumentar em US$ 600 milhões com tal espera para liquidação dos estoques.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink