Argentina autoriza novo algodão transgênico

NOVIDADE

Argentina autoriza novo algodão transgênico

"Estamos confiantes de que o país está avançando muito"
Por: -Leonardo Gottems
484 acessos

A Secretaria da Agroindústria da Argentina anunciou que está autorizando uma nova variedade de algodão transgênico após abrir algumas audiências públicas para consulta. Nesta ocasião, a variedade aprovada trata da característica SYN IR 102-7 que confere à resistência da cultura a insetos, aos herbicida glifosato e glufosinato e lepidópteros por três modos de ação. 

“Isso significa que as empresas de biotecnologia confiam no futuro da produção de algodão no país. Estamos esperando o lançamento comercial dessas tecnologias necessárias", foi isso que informou o portal eFarmNewsAr depois de tomar conhecimento do teor dessas audiências lançadas pelo governo argentino. 

No entanto, o governo está fazendo um grande esforço para ordenar a cadeia de valor de sementes na Argentina, combatendo o comércio ilegal de sementes. Na última primavera, o Instituto Nacional de Sementes (INASE) inspecionou fábricas e detectou a presença de traços de organismos geneticamente modificados (OGMs) não autorizados. 

“Como pudemos saber, durante as últimas inspeções, a INASE detectou algodão ilegal no norte do país. Estamos confiantes de que o país está avançando muito vigorosamente para erradicar a semente ilegal e isso é um bom sinal para as empresas de sementes de que a Argentina é um país confiável para trazer novas tecnologias”, disse o portal. 

Sendo assim, a próxima campanha terá acesso a três novas cultivares de algodão, desenvolvidas pelo Instituto Nacional de Tecnologia Agrícola (INTA), que proporcionam aos agricultores melhores safras e melhor saúde contra pragas e doenças. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink