Argentina declara emergência por pulgão no sorgo
CI
Imagem: Pixabay
ALERTA

Argentina declara emergência por pulgão no sorgo

A medida que durará até maio de 2023 visa agir rapidamente no controle e tratamento da praga
Por: -Eliza Maliszewski

O Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar argentino (Senasa) declarou emergência fitossanitária devido à praga do pulgão-amarelo do sorgo . A medida, que durará até maio de 2023, está contemplada na Resolução nº 139/2022, que foi publicada hoje no Diário Oficial.

Por meio da resolução, os produtores estão autorizados a utilizar alguns ingredientes ativos, em caráter excepcional e provisório para seu controle, já que no momento, dado o recente aparecimento da praga na cultura do sorgo, não há produtos autorizados no país.

Esta decisão foi tomada por este órgão de saúde levando em consideração a necessidade expressa em uma reunião realizada com grupos de produtores, na qual também participou a Federação Argentina de Engenharia Agrícola (FADIA), onde propuseram alternativas de controle.

Neste marco, o objetivo é poder responder rápida e eficazmente aos problemas que a praga está causando em áreas produtivas de cultivo de sorgo nas províncias de Chaco, Santiago del Estero, Santa Fe, Entre Ríos, Salta, San Luis, Córdoba. , Buenos Aires e La Pampa.

Desde o surgimento da praga na cultura do sorgo na Argentina, o Senasa e o INTA formaram uma equipe de trabalho articulada e interdisciplinar, que visa conhecer melhor o pulgão amarelo e aumentar as ações de manejo e controle.

O pulgão-amarelo (Melanaphis sacchari) é considerado uma das pragas mais danosas para a cultura do sorgo, pois ingere os nutrientes que a planta necessita para seu crescimento e desenvolvimento. O monitoramento é importante para detectar a tempo a possível presença da praga e poder realizar os controles correspondentes, se necessário.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.