Argentina diz que operação eliminou mais 15% da nuvem
CME MILHO (SET/20) US$ 3,102 (-25,25%)
| Dólar (compra) R$ 5,29 (0,17%)

Imagem: Pixabay

GAFANHOTO

Argentina diz que operação eliminou mais 15% da nuvem

Segundo representante da CRA, percentual é considerado satisfatório
Por:
560 acessos

O Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa) divulgou na noite de ontem (por volta das 20 horas) o resultado do levantamento feito nesta sexta-feira (3) no local onde na quinta havia sido realizada uma aplicação aérea contra gafanhotos. Apesar da expectativa do lado de cá da fronteira, o relatório não menciona quantos insetos teriam sido eliminados pela operação aeroagrícola. A estimativa de que a nuvem perdeu mais 15% dos gafanhotos foi informada ao Sindag pelo representante local das Confederações Rurais Argentinas (CRA), Martin Rapetti.

Segundo ele o resultado foi considerado satisfatório, levando em conta as condições do local. A aplicação feita pelo avião agrícola no dia anterior cobriu uma área de 115 hectares, em uma região com grande cobertura de árvores (fechada em muitos pontos, o que protegeu os insetos). O percentual de gafanhotos mortos acabou sendo o mesmo da primeira aplicação aérea, realizada na tarde do último dia 26, quando a nuvem estava no interior do município de Curuzú Quatiá.

Segundo o relato do Senasa, o dia foi de buscas pela localização da nuvem, que teria deixado o local em vários voos curtos. A aposta é de que os insetos teriam se deslocado até uma área cerca de três quilômetros ao sul. Assim, os trabalhos no sábado serão para rastrear a nova localização dos insetos e a partir daí preparar uma nova operação. 

Enquanto isso, no Brasil, as empresas de aviação agrícola na fronteira gaúcha seguem de prontidão. Ao mesmo tempo, a Secretaria de Agricultura do Estado permanece monitorando as condições do vento e temperatura na área junto ao território argentino. 

----------

Segue abaixo o relatório original do Senasa, divulgado na noite desta sexta (3):

Equipo Corrientes
Equipo Santa Fe

Informe 03/07/20

Integrantes:

Molina, Hilda
Haberle, Federico
Fernandez Guillermo Martin
Maximiliano Maldonado

En el día  de la fecha, siendo las 09:00 am nos presentamos en el Establecimiento Don Chocho, sobre ruta 30, a los efectos de visualizar eventual levantamiento de Manga, siendo recibidos por el Sr. Alberto Ojeda, encargado del mismo.
Siendo las 11:30 am, un equipo (Fernández / Haberle), se dirige a la Estancia San José, a los efectos de tener visual desde otro punto, dado que el humo en el ambiente dificultaba la vista del sector.
Siendo las 02:00 pm, el equipo (haberle/Fernandez), retorna a Estancia Don Chocho sin haber tenido visualización efectiva de la manga. El Sr Ojeda nos manifiesta que él irá hacia la zona y nos informará telefónicamente si ve algo. El equipo Maldonado/Molina siendo las 02:30 pm, se traslada hasta la Estancia La Orejana, donde el titular de la misma Sr. Muslera, los lleva hasta un sector donde se puede tener una buena visual. El monitoreo en ese lugar es negativo. Siendo las 03:30 pm el equipo Fernández /Haberle recibe llamada del Sr. Ojeda, quien afirma que la manga se ha movido con vuelos intermitentes unos 3 km hacia el sur del ultimo punto que se verificó el día de ayer.
Siendo las 05:30 pm se acuerda con el Sr Ojeda para el día de mañana, que un equipo pueda ir a caballo hasta esa zona. Mientras el otro aguarde el eventual vuelo de la misma.
Siendo las 18:00 pm se da por terminada la jornada.

Nota: Agradecemos la enorme colaboración de los Sres. Alberto Ojeda, de Estancia El Chocho y Alfredo Muslera, de Estancia La Orejana.

Los puntos serán subidos a la a la brevedad.

Se adjunta documental fotográfica y fílmica.

Saludos a todos .

Equipos Cor/Mis - Santa Fe


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Contato com o Agrolink