Argentina estabelece medidas que terão impacto agrícola no Brasil
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,156 (0,78%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (-0,36%)


Agronegócio

Argentina estabelece medidas que terão impacto agrícola no Brasil

Alguns produtos, inclusive a soja e o trigo, receberão uma taxação que pode chegar a 35%
Por:
1495 acessos

O Governo da Argentina estabeleceu recentemente algumas medidas que terão impacto sobre o setor agrícola no Brasil.

Alguns produtos, inclusive a soja e o trigo, receberão uma taxação que pode chegar a 35%.

Além disso, o Governo do País vizinho criou barreiras para a exportação de alguns produtos, entre os quais o trigo.

Isso foi implementado, segundo o governo argentino para fazer frente a queda dos estoques nacionais.

Estas ações de alguma forma vão repercutir aqui na região, já que as indústrias do setor moageiro não poderão importar trigo argentino, priorizando a produção brasileira.

Outro fato é que soja, milho e até mesmo o trigo brasileiro terão maiores oportunidades com países importadores e que perderam por ora um importante fornecedor – a Argentina.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink