Armazéns de acúcar foram inaugurados nesta segunda-feira (16)
CI
Imagem: Pixabay
INVESTIMENTO

Armazéns de acúcar foram inaugurados nesta segunda-feira (16)

Armazéns foram essenciais para apoiar o aumento de 60% nas exportações da Tereos
Por:

A Tereos e a VLI inauguraram nesta manhã os dois armazéns de açúcar construídos nos terminais do Porto de Santos e na cidade de Guará (SP), frutos da parceria estabelecida pelas empresas, no valor de R$ 205 milhões. Com capacidade para 240 mil toneladas, os dois armazéns foram essenciais para apoiar o aumento estimado em 60% nas exportações da Tereos nesta safra, alcançando um volume de 1,15 milhão de toneladas de açúcar bruto.

O armazém localizado no Terminal Integrador Portuário Luiz Antonio Mesquita (Tiplam), ativo da VLI localizado em Santos, tem capacidade para armazenar 115 mil toneladas de açúcar bruto. O segundo armazém, também concluído nesta safra, situa-se no terminal de Guará, estrutura da VLI no interior de São Paulo, na região onde estão localizadas as unidades industriais da Tereos. A instalação tem capacidade para 125 mil toneladas, das quais 80 mil toneladas são destinadas à armazenagem de açúcar da Tereos.

Para marcar oficialmente a inauguração dos dois empreendimentos, as empresas realizaram um evento restrito no Tiplam, seguindo as recomendações sanitárias por conta da pandemia da Covid-19, com a participação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

As construções fazem parte do acordo de longo prazo assinado pelas duas empresas em junho de 2018, com investimentos de R$ 145 milhões por parte da Tereos e R$ R$ 60 milhões pela VLI, e que prevê uma capacidade de transporte de 1 milhão de toneladas de açúcar bruto por ano. Em maio de 2019, a Tereos começou a embarcar o volume integral do seu açúcar bruto pelo sistema ferroviário integrado da VLI. As cargas de açúcar partem do terminal de Guará por meio do sistema ferroviário operado pela VLI até o Tiplam.

“Em um momento desafiador em virtude da pandemia, a conclusão dos novos armazéns de açúcar, em parceria com a VLI, foi essencial para apoiar o aumento de nossas exportações de açúcar. Além de aumentar a competitividade de nossa logística, este investimento permite uma redução de 220 mil toneladas em emissões de CO2 anuais”, comentou Jacyr Costa Filho, membro do Comitê Executivo Global da Tereos.

“Estamos muito satisfeitos em concluir o projeto e celebrar essa conquista. A parceria garante uma maior competitividade e confiabilidade à Tereos por meio de um serviço de logística multimodal que integra a cadeia do açúcar da usina até o navio. A VLI já movimenta cerca de 1/3 do açúcar exportado pelo Porto de Santos. Queremos continuar crescendo e auxiliando o setor com uma logística cada vez mais eficiente”, ressaltou o presidente da VLI, Ernesto Pousada. A VLI movimentou 19% mais açúcar no primeiro semestre de 2020 na comparação com igual período de 2019 e a expectativa no médio e longo prazo é ampliar o volume em razão do aumento de capacidade oriundo dos novos armazéns.

O ministro Tarcísio de Freitas enalteceu a importância dos investimentos da iniciativa privada na infraestrutura logística e apontou que a inauguração mostra a credibilidade do país. “As empresas estão acreditando no Brasil. A VLI e a Tereos estão acreditando no país e essa parceria vai render mais frutos. O terminal é todo automatizado, a conexão é por ferrovia e isso representa produtividade. Aos poucos vamos apagando aquela marca de sermos eficientes da porteira para dentro e não sermos eficientes da porteira para fora”, destacou.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink