Arroz: escolha correta da cultivar pode facilitar a comercialização para a indústria
CI
Agronegócio

Arroz: escolha correta da cultivar pode facilitar a comercialização para a indústria

Visando aproveitar o bom momento da cultura, os produtores do TO devem começar a se preparar para a safra 2008/09 já no próximo mês
Por: -Janice
A expectativa em relação aos bons preços obtidos para o arroz no mercado deve motivar produtores e indústria para a próxima safra. Visando aproveitar o bom momento da cultura, os produtores do Tocantins devem começar a se preparar para a safra 2008/2009 já no próximo mês.

Embora os preços finais sejam atrativos, é preciso lembrar que há outros fatores que são decisivos na lucratividade de uma lavoura de arroz. A Embrapa Arroz e Feijão chama a atenção para a escolha correta da cultivar a ser plantada, uma vez que é a partir dessa decisão que o produtor deve planejar toda as demais atividades na lavoura durante o período. Isso porque cada cultivar apresenta características diferentes e que podem influenciar no custo da lavoura. Além disso outros fatores, como a qualidade de grão, são importantes para facilitar a venda do produto no mercado.

Assim os produtores devem estar atentos para os seguintes elementos na hora da escolha da semente;

- ciclo: dividido em três etapas (vegetativo, reprodutivo e maturação) ele indica se o produtor poderá, por exemplo, colher o produto mais cedo e vendê-lo antes do pico da safra e obter ganhos maiores em relação a preço;

- altura da planta: este fator influencia na propensão a acamamento e também na competitividade com plantas daninhas. Além disso plantas mais altas possibilitam a utilização de mecanização na colheita;

- resistência a doenças: no caso do arroz, optar sempre por sementes com níveis mais satisfatórios de resistência, principalmente em relação a brusone, sua principal doença;

- qualidade de grãos: a escolha da cultivar é que vai determinar a classe e o rendimento de inteiros do produto a ser comercializado;

- produtividade: cada cultivar apresenta uma estimativa de produção diferente e que também é determinada pelas condições de manejo a que a lavoura é submetida. Hoje estão disponíveis para o mercado, cultivares com produtividade de até 6mil quilos/ha.

Para o estado do Tocantins, a Embrapa Arroz e Feijão indica a cultivar BRS Jaçanã, lançada recentemente, como uma boa opção para os produtores da região. Apresentando um ciclo entre 115 e 125 dias, a BRS Jaçanã é também resistente ao acamamento, apresenta alto rendimento de grãos inteiros, alta capacidade produtiva e grãos classe longo-fino tendo sido bem aceita pela indústria tocantinense. O seu cultivo é indicado ainda os estados do Pará, Roraima, Goiás e Rio de Janeiro. As informações são da assessoria de imprensa da Embrapa Arroz e Feijão.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.