Arroz: Indicador segue em alta no início de julho

Agronegócio

Arroz: Indicador segue em alta no início de julho

Com a baixa oferta, empresas de grande porte e algumas cooperativas têm utilizado estoques próprios para atender à demanda por beneficiado
Por:
119 acessos

Produtores de arroz do Rio Grande do Sul vêm diminuindo suas ofertas desde o início de junho ao passo que indústrias demonstram mais interesse de compra. Com a baixa oferta, empresas de grande porte e algumas cooperativas têm utilizado estoques próprios para atender à demanda por beneficiado. Agentes colaboradores do Cepea relatam, também, que a importação de arroz do Mercosul está ocorrendo em ritmo lento. Além disso, o adiamento do pagamento das parcelas de custeio reforça a expectativa dos agentes de preços mais firmes no curto prazo. Nesse cenário, o Indicador do Arroz CEPEA-ESALQ/BM&FBovespa (Rio Grande do Sul, 58 grãos inteiros) subiu 4,38% em sete dias, fechando a R$ 27,59/saca de 50 kg nessa segunda-feira, 6.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink