Arroz/CEPEA: Negócios são apenas pontuais
CI
Agronegócio

Arroz/CEPEA: Negócios são apenas pontuais

Orizicultores têm negociado seu produto apenas quando há necessidade de fazer “caixa”
Por:
A comercialização de arroz em casca tem ocorrido de forma bastante pontual no Rio Grande do Sul. Beneficiadoras consultadas pelo Cepea até demonstram interesse de compra, especialmente de arroz depositado em seus armazéns, mas boa parte das empresas tem ofertado o mesmo preço para o arroz depositado e “livre”. Do lado produtor, observa-se certa resistência de vendedores em aceitar valores abaixo dos vigentes no final de novembro, que têm sido pedidos por compradores. Assim, orizicultores têm negociado seu produto apenas quando há necessidade de fazer “caixa”. Segundo informações do Cepea, o período de final de ano também tem deixado os serviços de transporte em ritmo mais lento. Quanto aos preços, entre 12 e 19 de dezembro, o Indicador do Arroz Esalq/Bolsa Brasileira de Mercadorias-BM&FBovespa (Rio Grande do Sul, 58 grãos inteiros) teve ligeira queda de 0,2%, fechando a R$ 25,5/sc de 50 kg na segunda-feira, 19. (Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br )



Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.