Arroz tem bom desenvolvimento no Rio Grande do Sul
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
GRÃOS

Arroz tem bom desenvolvimento no Rio Grande do Sul

A estiagem preocupa principalmente arrozeiros que usam água de arroios
Por: -Eliza Maliszewski

O plantio do arroz está praticamente concluído no Rio Grande do Sul, maior produtor nacional do grão. Cerca de 8% das áreas encontram-se em floração, favorecida pela luminosidade. Produtores manejam as lavouras, que apresentam bom desenvolvimento. Os dados são do Informativo Conjuntural, da Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR).

Na região de Pelotas, a semeadura foi concluída, e 100% da cultura está na fase vegetativa. Os reservatórios estão em plena capacidade de armazenamento de água, proporcionando tranquilidade para o manejo do arroz. Lavouras apresentam bom estande de plantas, bom desenvolvimento vegetativo, e não há relato de problemas fitossanitários. O clima quente e seco acelerou o desenvolvimento.

Na regional da Emater/RS-Ascar de Santa Maria, 96% das lavouras estão semeadas, todas em germinação e desenvolvimento vegetativo. Nas que resta plantar é realizado o controle mecânico de invasoras, como capim arroz, arroz vermelho e o arroz guacho.

A estiagem preocupa principalmente arrozeiros que usam água de arroios, sangas e rios, cujos níveis estão muito baixos. De maneira geral, o custo de insumos e a queda das cotações preocupam os produtores, pois afetam em muito a rentabilidade da atividade.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.