Arrozeiros do Rio Grande do Sul fazem proposta para o Fome Zero
CI
Agronegócio

Arrozeiros do Rio Grande do Sul fazem proposta para o Fome Zero

Por:

Os produtores de arroz do Rio Grande do Sul levam hoje (12-02) para Brasília uma proposta para que a União compre no Estado 500 mil toneladas das 750 mil toneladas de arroz que o governo pretende adquirir para o programa Fome Zero. "Como maiores produtores do país, temos condições de fornecer o produto nas condições impostas pelo governo", disse Rubens Silveira, diretor comercial do Instituto Riograndense do Arroz (Irga).

Os gaúchos vão discutir a proposta com o novo ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias.

O Estado deverá colher entre 5,7 milhões e 5,8 milhões de toneladas de arroz nesta safra, a 2003/04, até 23% acima dos volumes produzidos no ciclo anterior. Segundo Silveira, a colheita já começou na fronteira oeste do Estado e deverá se intensificar em março. "Se a compra for efetivada, a medida ajudará a enxugar o mercado durante a colheita", afirmou.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink