ASEMG divulga radiografia da suinocultura no estado

Agronegócio

ASEMG divulga radiografia da suinocultura no estado

O IMA efetuou georreferenciamento de 100% das granjas e adaptou suas planilhas a um novo programa (GEO-DSA), intensificando o controle sobre a emissão de GTA e sobre os relatórios de responsabilidade técnica
Por: -Janice
720 acessos
Através de uma parceria da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (ASEMG) e Escola de Veterinária da UFMG foi realizado para o ano de 2008 o Cadastro de Suinocultores a ser utilizado como banco de dados pelo Instituto Mineiro de Agropecuária.

Em 2008, foram recadastradas 1.464 granjas que comercializam suínos, situadas em 357 municípios mineiros (41,8% do total), somando 224.661 matrizes e 2.922.397 suínos, que representam 69,6% do numero total de animais em Minas Gerais.

O IMA efetuou georreferenciamento de 100% das granjas e adaptou suas planilhas a um novo programa (GEO-DSA), intensificando o controle sobre a emissão de Guias de Transito Animal (GTA) e sobre os relatórios de responsabilidade técnica.


Do total de granjas cadastradas, 1.071 são de Cicio Completo (73,1%), 322 Unidades trabalham com recria e terminação (22,0%) e 69 são Unidades de Produção de Leitões (4,7%). Foram identificadas ainda três centrais de inseminaçao no cadastro.

De acordo com as pesquisa ficou claro que a maioria das granjas são independentes na comercialização dos cevados (79,0%), as demais são integradas a agroindústrias (14,4%) ou cooperadas (6,6%).

Integradas ao Grupo Sadia, no ano de 2009 constavam 127 granjas, que totalizavam 38.671 matrizes e 1.011.820 suínos alojados. Para a Rio Branco Alimentos (Pif Paf) constavam 46 granjas, com 4.155 matrizes e 96.090 suínos alojados. 34 granjas foram cadastradas como integradas, mas sem constar o nome da empresa integradora, totalizando 7.191 matrizes e 75.881 suínos alojados. As informações são da assessoria de imprensa da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (ASEMG).
 
  

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink