Associados de Ernestina/RS comemoram inauguração da unidade da Cotrijal

Agronegócio

Associados de Ernestina/RS comemoram inauguração da unidade da Cotrijal

A nova unidade possui três moegas de recebimento, totalizando 600 toneladas, e mais uma moega do tombador, com capacidade para 80 toneladas
Por:
559 acessos

Os associados de Ernestina comemoraram na tarde da segunda-feira (13), a inauguração de uma unidade da Cotrijal no município. A solenidade foi prestigiada por associados, conselheiros de administração e fiscais, gerentes e direção da cooperativa, além de autoridades e lideranças de Ernestina.

Instalada às margens da rodovia que liga Ernestina e Passo Fundo, a nova unidade ocupa 6,625 hectares e tem área construída de 1.077,79 m², com três moegas de recebimento, totalizando 600 toneladas, e mais uma moega do tombador, com capacidade para 80 toneladas. É a 29ª unidade da cooperativa, de um total de 30 – a 30ª foi inaugurada no início do mês, em Bom Sucesso, Não-Me-Toque.

Segundo o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, a instalação da unidade em Ernestina era reivindicação antiga da comunidade e estava prevista no planejamento estratégico da cooperativa. “Esse novo projeto vai beneficiar cerca de 400 associados, encurtando a distância para entrega da produção”, afirmou, antecipando que, pela localização estratégica da nova unidade, a intenção é, no futuro, ampliá-la, construindo também outros setores, como acerto.

Para o vice-prefeito de Ernestina, Paulo Elemar Penz, o investimento feito pela Cotrijal no município estimula a economia, beneficiando especialmente o produtor. Ele destacou a importância do comprometimento da cooperativa com desenvolvimento das comunidades em que atua. “A Cotrijal é administrada como uma empresa privada, mas não perde o foco no lado social, buscando sempre o progresso do seu associado e também dos municípios em que está presente como um todo”, avaliou Penz, que é associado da cooperativa desde 1986.

EQUIPAMENTOS MODERNOS GARANTEM AGILIDADE

Um dos diferenciais da nova unidade é a agilidade no recebimento da produção. Segundo o gerente Operacional da Cotrijal, Laídes Porto Alegre, o tombador instalado em Ernestina permite a descarga de um caminhão em apenas três minutos e a capacidade de movimentação de grãos por hora é de 240 toneladas. “É um equipamento moderno, que já está em funcionamento em várias unidades e que queremos estender, dentro do possível, a toda a área da cooperativa, visando agilizar e melhorar a qualidade do atendimento ao nosso associado”, afirma.

O produtor Edson Schultz, que cedeu a área para aquisição pela Cotrijal para instalação da nova unidade, está satisfeito com a concretização do projeto. Ele foi o primeiro a descarregar sua produção na tarde desta segunda-feira e comemora: “Agora preciso percorrer menos de um quilômetro para fazer a entrega na cooperativa”. As informações são da assessoria de imprensa da Cotrijal.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink