Atacado de carne bovina sem osso trabalha pela primeira vez em alta
CI
Agronegócio

Atacado de carne bovina sem osso trabalha pela primeira vez em alta

Embora a valorização seja tímida, de 0,4% em relação à semana passada, demonstra uma mudança de comportamento
Por:
O mercado atacadista de carne bovina sem osso trabalhou em alta pela primeira vez no ano.

Depois de patinar em função do consumo lento, típico de janeiro, e não conseguir sustentação na primeira semana de fevereiro, quando era esperado melhora nas vendas de carne, o mercado se recuperou.

Embora a valorização seja tímida, de 0,4% em relação à semana passada, demonstra uma mudança de comportamento.

No entanto, assim como vinha ocorrendo desde o início de 2012, a demanda é melhor para os cortes de dianteiro.

Considerando que o mercado de carne bovina sem osso recuou 10,0% entre janeiro e a primeira semana de fevereiro, a recuperação é pequena.

A demanda lenta é o principal fator baixista para o mercado do boi gordo.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.