Agronegócio

Aumenta demanda por alimentos de maior valor agregado, mostra estudo

De acordo com o levantamento, a procura por itens como melão, vinho, uva e mamão cresceu acima de 3% ao ano, no período entre 2008 e 2013
Por:
985 acessos
A demanda por alimentos de maior valor agregado cresceu nos últimos cinco anos no Brasil, segundo estudo divulgado nesta segunda-feira (14) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. De acordo com o levantamento, a procura por itens como melão, vinho, uva e mamão cresceu acima de 3% ao ano, no período entre 2008 e 2013. O motivo para o salto qualitativo é a elevação da renda dos brasileiros.


“A demanda por produtos de maior valor agregado, como carne, frutas, queijo, leite e derivados, aumenta quando a renda sobe. Eles são diferentes do arroz e feijão, por exemplo, que crescem de maneira próxima ao crescimento da população, que foi 1,4% ao ano nos últimos cinco anos”, explicou o coordenador de Planejamento Estratégico da pasta, José Garcia Gasques.


O levantamento apontou que, de 2008 a 2013, a demanda pelo arroz cresceu 1,3%, e pelo feijão, 1,2% ao ano. Os três alimentos cuja procura registrou maior crescimento no período foram queijo muçarela (3,77% ao ano), melão (3,72% ao ano) e mamão (3,59%). Também aumentou a demanda por vinho (3,2%), azeite (3%) e uva (3,38%). Tiveram destaque ainda itens como iogurte (2,97% ao ano) e carne (2,77%), que registraram alta abaixo de 3% mas acima do crescimento da população.


A pesquisa usou dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) para calcular a alta do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas de um país) per capita entre 2008 e 2012. O indicador subiu 8,5% no intervalo. Já a elevação da demanda pelos alimentos foi calculada por meio de uma fórmula, a partir de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink