Aumenta demanda por oleaginosas na china

MUNDO

Aumenta demanda por oleaginosas na china

"País continuará dependendo do Brasil, dos Estados Unidos, da Argentina e do Canadá”
Por: -Leonardo Gottems
2740 acessos

A demanda chinesa por oleaginosas aumenta à medida que a epidemia de febre suína africana se dissemina pelo país. De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a demanda por produção de frango, carne bovina e aquicultura segue em alta, mas com  temores de problemas de saúde e desejo do consumidor de diversificar a dieta.  

"A produção nacional de sementes oleaginosas da China permanecerá estagnada no ano comercial de 2019/2020, enquanto a demanda interna por produtos oleaginosos continuará a crescer de forma constante, apesar do impacto da ASF", disse o USDA. “Portanto, a China continuará a depender das importações de sementes oleaginosas do Brasil, dos Estados Unidos, da Argentina e do Canadá”, completa. 

A produção de soja da China no ano de 2019/2020 é de 16,4 milhões de toneladas, um aumento de 4% em relação ao ano anterior. O USDA informou que a produção estimada de soja para o ano de mercado de 2018/2019 foi maior do que no ano anterior devido a mudanças nos subsídios do governo. 

De acordo com o Centro Nacional de Informações sobre Grãos e Oleaginosas da China (CNGOIC), até o final de dezembro de 2018, os agricultores ainda detinham cerca de 70% de sua produção, em comparação com 50% a 60% nos últimos anos.  

“No final de fevereiro de 2019, citando a necessidade de estabilizar o mercado, o governo provincial de Heilongjiang ofereceu aos agricultores um preço de compra de soja entre RMB3.420 e RMB3.460 por tonelada, ou entre US$ 518 e US$ 525 por tonelada. O ritmo de comercialização relativamente lento para o ano de 2018/2019 pode ofuscar a semeadura de soja no ano de mercado seguinte", conclui o USDA. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink