Aumenta o apetite da China pela soja cultivada no Brasil
CI
Agronegócio

Aumenta o apetite da China pela soja cultivada no Brasil

A Chinatex planeja expandir substancialmente as compras de soja em grão do Brasil
Por:
A estatal China National Textiles Import and Export Corporation (Chinatex) planeja expandir substancialmente as compras de soja em grão do Brasil. A empresa começou a operar no país em 2003, com o fretamento de um navio de 60 mil toneladas. No ano seguinte fretou dez navios, e em 2005, outros 18. No ano passado, com 30 navios, importou 1,6 milhão de toneladas, e em 2007 projeta um volume total de importações da ordem de 2 milhões de toneladas.


"A China tem uma demanda de 8 milhões de toneladas de óleo para alimentação. Em dois anos, será de 10 milhões. Não há oferta mundial disponível para suprir essa demanda", diz Liones Severo, diretor-geral da Chinatex no Brasil. Conforme dados do governo chinês, no ciclo 2005/06 o país importou 1,57 milhão de toneladas de óleo de soja e 28,2 milhões de toneladas do grão.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink