Aumento das exportações de carne bovina para a Rússia

Agronegócio

Aumento das exportações de carne bovina para a Rússia

Segundo os dados do MDIC, enquanto em maio foram exportadas 27,99 mil toneladas equivalente carcaça (tec) para este mercado, em junho o volume chegou a 44,44 mil tec
Por:
219 acessos

Analisando os principais mercados da carne bovina brasileira, as maiores variações no volume e faturamento ocorridas entre maio e junho deste ano foram registradas nas vendas para a Rússia.

Segundo os dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), enquanto em maio foram exportadas 27,99 mil toneladas equivalente carcaça (tec) para este mercado, em junho o volume chegou a 44,44 mil tec, aumento de 58,8%. Já o faturamento passou de US$58,48 milhões para US$99,3 milhões, alta de 69,8%.

Em relação a janeiro os aumentos foram de 183% e 113%, para faturamento e volume, respectivamente. Junho foi o melhor mês do ano.

As exportações de carne bovina para a Rússia caíram significativamente depois de deflagrada a crise financeira mundial. A falta de crédito provocou queda nos volumes e no preço médio da carne, sem contar as renegociações, os calotes, e aí por diante.

De toda forma, seja para a Rússia ou para outros mercados, o fato é que as vendas externas estão em recuperação. Desde janeiro, os preços médios da carne bovina exportada, em dólares, já subiram 33%.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink