Aumento na área de algodão
CI
Imagem: Pixabay
NO MATO GROSSO

Aumento na área de algodão

No que tange à produtividade média do estado, esta ficou estimada em 278,55@/ha, 4,25% inferior ao relatório passado
Por: -Aline Merladete

A antecipação da semeadura do algodão, somada ao preço atrativo da pluma, estimulou o cotonicultor a investir em mais áreas destinadas ao cultivo da fibra. Assim, a área ficou projetada em 1,18 milhão de hectares, 5,23% maior que a última estimativa. No que tange à produtividade média do estado, esta ficou estimada em 278,55@/ha, 4,25% inferior ao relatório passado.

Conforme dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), esse cenário de diminuição do rendimento no comparativo mensal foi pautado, pelo menor volume de precipitação observado nos meses de abr-22 e mai-22, em conjunto com as preocupações quanto aos impactos das geadas que atingiram algumas lavouras do estado.

Diante disso, mesmo com a queda no rendimento de Mato Grosso, a produção do estado refletiu o incremento das estimativas de área, exibindo alta de 22,58% ante a safra 20/21 e 5,23% quando comparado ao relatório passado. Desse modo, a produção aguardada para o ciclo passa a ser 4,91 milhões de toneladas. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.