Avanço de frente fria eleva o potencial de tempestades
CI
Imagem: Marcel Oliveira
AGROTEMPO

Avanço de frente fria eleva o potencial de tempestades

Projeções indicam o declínio das temperaturas para os próximos dias
Por: -Aline Merladete

A sexta-feira (25/03) terá como destaque a presença de uma frente fria que surgiu após a formação do ciclone sobre o sul do país. Esta frente fria vai organizar um corredor de umidade que sai da região amazônica em direção ao oceano, passando pelos estados do Centro-Oeste e Sul. 

Com isso, as instabilidades ganham força no Centro-Oeste e podem dar origem a fortes tempestades em alguns pontos do sul da região, bem como em alguns pontos ao norte da região Sul. As chuvas poderão superar a marca dos 60 mm no decorrer do dia e serem acompanhadas de vendavais e queda de granizo isolado. 

Por outro lado, o tempo começa a firmar pelo extremo sul do território nacional, com o avanço de uma massa de ar polar que irá provocar o declínio nas temperaturas ao longo do final de semana.

Confira a plataforma completa de mapas aqui.

Saiba  a previsão para a sua cidade aqui.

Região Norte

A combinação entre o calor, umidade e as instabilidades típicas da região, garante as condições de chuva para todas as áreas da região norte. Os maiores volumes poderão ocorrer ao norte do PA, com registros próximos dos 30 mm, bem como no AP. As instabilidades serão mais esparsas sobre o estado de RR, região do Baixo Amazonas e sul do TO. Nessas localidades o sol vai predominar a maior parte do dia.  

Região Nordeste

De maneira geral as áreas de tempo seco vão aumentar sobre a região, especialmente na parcela central do nordeste. Por outro lado, as chuvas ganham mais intensidade na faixa norte devido à atuação da ZCIT. Os maiores volumes poderão ser registrados ao norte do MA e norte do PI, superando os 40 mm na grande região do Baixo Paranaíba. No litoral leste do nordeste, as chuvas podem ocorrer, mas de maneira fraca e pontual. Já em grande parte do estado Baiano, sul do PI e oeste de PE, as projeções indicam a presença de um tempo mais seco.

Região Centro-Oeste

Com o estabelecimento da frente fria pelo sul do país, um grande corredor de umidade se forma sobre a região centro-oeste. Deste modo, as condições para chuvas aumentam em boa parte da região, especialmente sobre o MS. As instabilidades serão intensas no sul sul-mato-grossense, podendo ser na forma de tempestades com a possibilidade de  ocasionar algum evento de tempo adverso como vendavais e queda de granizo. Os maiores volumes poderão ocorrer na grande região de Iguatemi com volumes se aproximando dos 60 mm no período. Também chove em praticamente todo estado do MT, contudo, a tendência é de que as instabilidades fiquem mais irregulares sobre o leste do MT e  sobre o estado do GO.

Região Sudeste

O tempo segue seco em grande parte das regiões, entretanto a aproximação de uma frente fria vai elevar o potencial de chuvas no sul de SP. Especialmente na grande região de Presidente Prudente, no sudoeste paulista, as chuvas podem gerar acumulados superiores aos 25 mm no decorrer do período. Parte dessas chuvas poderão ser na forma de temporais localmente fortes  e não se descarta a possibilidade de queda de granizo. Pode chover no nordeste mineiro e norte do ES, mas na forma de pancadas fracas e passageiras. Já na metade leste de SP, o tempo poderá ter uma maior variação de nebulosidade e chuvas fracas. 

Região Sul

Após a formação do ciclone no dia anterior, o avanço de uma frente fria mantém as condições para fortes instabilidades em alguns pontos da região sul. As chuvas poderão ser intensas sobre o sudeste do PR e promover acumulados acima dos 60 mm na grande região de Foz do Iguaçu  até as proximidades de União da Vitória. As instabilidades poderão ser na forma de tempestades e promover alguns eventos de tempo adverso como  vendavais, chuvas intensas em curtos períodos de tempo e até mesmo queda de granizo. Também chove sobre boa parte de SC, com a tendência dos maiores acumulados na região oeste do estado. Ao mesmo tempo, o céu volta a ficar limpo sobre o RS e as temperaturas entram em declínio acentuado.

Veja os mapas destaques para hoje:

Chuva

Temperatura Máxima

Umidade Mínima


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.