Bactéria mata suínos em Arvoredo, no Oeste de SC

Agronegócio

Bactéria mata suínos em Arvoredo, no Oeste de SC

Bactéria mata suínos em Arvoredo, no Oeste
Por:
325 acessos
Cerca de 200 animais foram vitimados em uma propriedade

Depois de confirmar a mortandade de cerca de 200 suínos, nos últimos três meses, numa propriedade no município de Arvoredo, no Oeste, a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) divulgou uma nota de esclarecimento com o resultado dos exames realizados.

Segundo a nota, os animais morreram por "broncopneumonia causada pela bactéria Pasteurella multocida tipo D". A propriedade não foi interditada. Segundo a veterinária da Cidasc de Concórdia, Daiane Becker, estas mortes são normais nesta época do ano e não tem qualquer tipo de relação com a Gripe A.

— Em função do frio, costuma-se fechar os criadouros, e com isso, os suínos ficam ainda mais juntos e acontecem muitas mortes, em virtude de infecções por vírus ou bactérias. Mas isso é uma coisa normal, que acontece em todos os invernos — explica Daiane.

Ela afirma que estes suínos não estavam recebendo tratamento adequado nos locais dos criadouros. A veterinária explica que o produtor deve fazer um protocolo de notificação se o volume de morte dos animais chegarem a 6% do total. Este é o motivo para que a divulgação fosse feita só agora.

— Não é característica da gripe ter mortandade. O que houve foi uma pneumonia — esclarece a veterinária.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink