Bahia Farm Show destinará parte da venda de ingressos a entidades beneficentes
CI
Agronegócio

Bahia Farm Show destinará parte da venda de ingressos a entidades beneficentes

Feira inicia na próxima terça-feira (27.05)
Por:
Dentre as novidades reservadas para a edição comemorativa dos 10 anos da maior feira de tecnologia agrícola e negócios do Norte Nordeste do Brasil, Bahia Farm Show, está a destinação de parte da venda dos ingressos a duas instituições beneficentes. Com o valor definido de R$8, cada ingresso vendido terá R$ 1 revertido para a Associação dos Moradores do Aracruz - AMA, de Luís Eduardo e R$ 1, para a ala de obstetrícia do Hospital do Oeste,de Barreiras. 

“A feira tem sim, um papel social muito forte, ao gerar empregos diretos e indiretos e oportunizar negócios. Aproveitamos o simbolismo da edição de número 10 para também dividir o sucesso da Bahia Farm Show com instituições que realizam um trabalho sério na região Oeste”, explica Thiago Pimenta, coordenador da feira,. 

Contar com iniciativas como esta, segundo a presidente da AMA, Zezília dos Santos Martins, é ter a certeza de que todo o trabalho realizado vale a pena. “Nós temos seis projetos destinados ao bairro Aracruz, como a Casa de Passagem e a Cidadão do Futuro que tiram crianças e adolescentes de situações de risco e oferecem acompanhamento comaulas de reforço e atividades culturais. Nosso agradecimento é imenso, é o reconhecimento à nossa luta diária’, diz. 

A expectativa é que mais de 75 mil visitantes passem pela Bahia Farm Show para conhecer as novidades em tecnologia agrícola, e também para participar de eventos, cursos, seminários e palestras oferecidos. Com quase 100% dos espaços já comercializados, a edição 2014 deve atingir a marca de R$ 1 bilhão em volume de negócios. Outra novidade para este ano é uma série de homenagens aos povos desbravadores do Oeste da Bahia (sulistas, orientais e nordestinos), com apresentações de dança e música. 

A Bahia Farm Show é organizada pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), juntamente com a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Fundação Bahia, Associação dos Revendedores de Máquinas e Equipamentos Agrícolas do Oeste da Bahia (Assomiba) e Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink