Citros

Baixa liquidez pressiona cotações da tahiti; laranja pera se valoriza

Com a interrupção da colheita no período chuvoso, a oferta diminuiu, elevando os preços
Por:
32 acessos

As vendas de lima ácida tahiti estão enfraquecidas no mercado doméstico, conforme colaboradores do Cepea, cenário que pressionou as cotações da variedade em São Paulo nos últimos dias.

Entre 30 de outubro e 3 de novembro, a tahiti teve média de R$ 60,05/cx de 27 kg, colhida, queda de 13,8% frente à semana anterior. Quanto à laranja de mesa, as negociações também estiveram mais lentas nos últimos dias, devido ao período de fim de mês e ao feriado de Finados, no dia 2.

No entanto, com a interrupção da colheita no período chuvoso, a oferta diminuiu, elevando os preços. Entre 30 de outubro e 3 de novembro, a pera registrou média de R$ 20,38/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 1,4% em relação à semana anterior.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink