Baixo preço do feijão preocupa produtores no RS

Agronegócio

Baixo preço do feijão preocupa produtores no RS

A baixa cotação está desestimulando o planejamento para a próxima safra
Por: -Admin
1 acessos

A safrinha do feijão no Rio Grande do Sul está na fase de comercialização, mas os agricultores continuam preocupados com os baixos preços ofertados ao tradicional alimento da mesa brasileira, motivo que está desestimulando o planejamento para a próxima safra. Este ano, apesar da ótima produtividade das safras das águas e safrinha do feijão, a comercialização segue baixa.

Há bons estoques de feijão em nível nacional e, segundo alguns estudos, do menor consumo dos brasileiros, os preços aos produtores não reagiram, estando defasados em cerca de 53,4% sobre a média histórica ou 23,7% em

relação ao ano anterior, que já vinha defasado. Ou seja, hoje a saca de 60 kg do feijão preto está em R$ 36,64, contra R$ 78,50 da média histórica. As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink