Balão Produtividade nas Alturas chega ao Cerrado

Agronegócio

Balão Produtividade nas Alturas chega ao Cerrado

Campanha percorrerá 38 cidades de oito estados e será documentada pela internet
Por:
1174 acessos
Campanha percorrerá 38 cidades de oito estados e será documentada pela internet

Sapezal, no oeste de Mato Grosso, é a primeira cidade a receber a ação Produtividade nas Alturas, planejada pela Syngenta para enaltecer a atividade agrícola mais importante do Brasil: a sojicultura. Para dar visibilidade ao projeto, a empresa confeccionou um balão de ar quente estilizado como um grão de soja que, até 15 de fevereiro de 2013, poderá ser visto nos céus de 38 cidades de oito estados brasileiros. Ao fim da jornada, o equipamento terá percorrido quase 12 mil quilômetros e, em cada escala, serão realizadas atividades para demonstrar aos produtores que é possível aumentar a produtividade por meio da integração de tecnologias e serviços, proteção de cultivos, sementes e tratamento de sementes. Todas as informações e imagens relacionadas à campanha serão disponibilizadas no site
www.syngenta.com.br/produtividadenasalturas e na rede social Twitter (@syngentabrasil e #produtividadenasalturas). O balão será inflado na frente da Secretaria de Saúde de Sapezal (Av. Antonio André Maggi, 1.870, Jardim Ipê).

Os municípios contemplados no roteiro pertencem a Minas Gerais, Bahia, Maranhão, Piauí, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Tocantins, estados que compreendem o bioma Cerrado, onde a sojicultora é fortemente desenvolvida. “A intenção é associar a soja a um elemento que evoca a ideia de elevação, destacando para milhares de produtores uma mensagem comum: ambas as atividades exigem um alto nível de conhecimentos específicos e estão sujeitas a variáveis, como clima e domínio de tecnologia, que influenciam no sucesso dos objetivos pretendidos”, afirma Robison Serafim, gerente de Marketing de Soja da Syngenta. “Por meio dessa ação, descobrimos a possibilidade de contar boas histórias, de mostrar como a soja tem transformado cidades e sociedades, de homenagear o homem do campo apresentando o seu dia a dia e como ele faz para produzir alimentos para o mundo”, explica Lucas Perez, coordenador de Comunicação de Marketing da Syngenta.


Quando chegar às cidades, a equipe da Syngenta e seus representantes comerciais instalarão um centro de atividades que terá como atrativo principal o balão que permanecerá voando a 20 metros de altura. Será apresentado o portfólio completo para a sojicultora (sementes, proteção de cultivos e adubo foliar) e todas as informações de manejo. Ao fim de cada jornada, os balonistas realizarão voos pela região. “Esta ação, que inicialmente é desenvolvida na região do Cerrado, será levada depois ao Sul. Queremos destacar os benefícios de integrar tecnologias na busca de patamares de produtividade cada vez maiores e, ao mesmo tempo, mostrar que é possível atender à crescente demanda global por alimentos de modo sustentável. É preciso alinhar o conhecimento da indústria com a coragem e o empreendedorismo do agricultor de soja brasileiro”, conclui André Savino, diretor de Soja da Syngenta.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink