Banco oferece seguro de preço

Agronegócio

Banco oferece seguro de preço

O seguro de preço para soja e milho, tem como público-alvo os médios produtores. O prêmio pago pelo agricultor não é fixo, mas deve ser de 3% sobre o valor de venda
Por:
819 acessos

Com o desafio de evitar a repetição do endividamento no futuro, o Banco do Brasil (BB) faz algumas apostas, entre elas o seguro de preço para soja e milho. O público-alvo são médios produtores, pois o agricultor familiar conta com o PGPAF, e o comercial já opera com mercado futuro. Guedes estima que a nova modalidade represente 20% dos contratos de custeio das duas culturas nesta safra. Para popularizar o mecanismo, o banco fará palestras.

Pelo modelo, quando o agricultor pedir o custeio, poderá comprar a opção de venda em bolsa a um preço estipulado e taxas de juros controladas. O prêmio pago pelo agricultor não é fixo, mas deve ser de 3% sobre o valor de venda. Com isso, poderá obter a diferença entre o preço futuro que ele quer proteger e o valor praticado no mercado. "O BB será como um facilitador ao vender a opção para o produtor e adquirir a opção de venda na bolsa."


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink