Agronegócio

Basf alerta produtor contra falsificação de produtos

Produtores rurais devem ficar atentos para não terem prejuízos com a compra de defensivos falsificados
Por: -Redação
1 acessos

O atual cenário agrícola torna ainda mais necessário que o produtor rural fique bem atento ao adquirir defensivos agrícolas para sua lavoura, de forma a evitar prejuízos decorrentes de produtos com formulações desconhecidas, que podem comprometer seriamente a produtividade e a rentabilidade no campo.

Além de não combater com eficácia pragas, insetos e doenças, causando grandes prejuízos, os defensivos falsificados oferecerem sérios riscos ambientais e de saúde.

A Basf vêm reforçando seus alertas contra falsificação e implantando ações que contribuíram para a redução desses acontecimentos, como a elaboração do Dispositivo Antifalsificação (DAF), com mecanismos de lacre catraca, selo interno, rótulo-bula, e outras melhorias.

Na última safra já foi constatado um aumento significativo do uso de defensivos falsificados e com o setor atravessando sérias dificuldades econômicas, o cenário fica ainda mais propício a essas ofertas de falsificadores.

Um dos produtos que vem sendo sistematicamente alvo dos falsificadores é o Standak, conhecido inseticida produzido pela Basf, é amplamente utilizado no tratamento de sementes de soja, arroz, feijão, cevada, trigo, milho e pastagem, auxiliando na prevenção e controle de diversas pragas.

A embalagem do Standak conta com o inovador Dispositivo Antifalsificação (DAF), que reúne a combinação de várias tecnologias. Além disto, a embalagem traz outras novidades que garantem a originalidade do produto e proporcionam segurança ao produtor.

Para orientar os produtores sobre os riscos de usar defensivos de origem duvidosa, a empresa recomenda que o produto seja adquirido por um revendedor Basf, com nota fiscal e confira a autenticidade do Dispositivo de Antifalsificação. A empresa ressalta que os agricultores não comprem defensivos por telefone ou em sites, e ao final do uso do produto que a embalagem seja perfurada para evitar a reutilização por terceiros. O produtor pode se informar através do telefone 0800 0192 500 ou pelo site www.agro.basf.com.br. As informações são da assessoria de imprensa da Basf.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink