Agronegócio

Basf auxilia sojicultor na identificação de ferrugem

A empresa disponibiliza gratuitamente 450 minilabs nas regiões produtoras em todo o Brasil
Por: -Redação
1 acessos

Desde a última safra, a Basf disponibiliza gratuitamente 450 Minilabs nas regiões produtoras em todo o Brasil, para auxiliar o sojicultor na identificação da ferrugem. No Minilab, o produtor tem acesso ao diagnóstico rápido da situação da sua lavoura, recebendo as orientações corretas para prevenir, detectar e combater a ferrugem e outras doenças da soja. No estado de São Paulo são 36 Minilabs à disposição do sojicultor.

Já em seu primeiro ano de funcionamento (safra 2005/2006), o programa foi responsável por analisar mais de duas mil amostras de plantas em todo o país, tendo 722 confirmações de focos de ferrugem.

Para utilizar o serviço do Minilab, o produtor deve levar as folhas com suspeita de infecção da doença até o canal de distribuição BASF mais próximo da sua propriedade (revendas ou cooperativas), onde técnicos capacitados realizam o diagnóstico gratuito das amostras de plantas. As informações são da assessoria de imprensa da Basf.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink