Bataticultura está em xeque em Minas Gerais
CI
Agronegócio

Bataticultura está em xeque em Minas Gerais

Cerca de 2 mil produtores de batata localizados na região Sul de Minas Gerais amargam prejuízos com a superoferta
Por:

Cerca de 2 mil produtores de batata localizados na região Sul de Minas Gerais - maior produtor nacional - amargam prejuízos com a superoferta do produto no mercado e queda dos preços. Essa situação pode ser prolongada, já que a segunda safra, plantada no mês passado e que será colhida no final de maio, pode "encontrar-se" com a primeira que está sendo escoada com grandes dificuldades.

De acordo com o presidente da Associação dos Bataticultores de Minas Gerais (Abasmig), Herculano de Freitas Baião, o produtor tem recebido em torno de R$ 8 pelo saco de 50 quilos. Na comercialização da variedade batata vermelha o agricultor tem conseguido melhores preços, cerca de R$ 25.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink