BB já espera pedidos de custeio para safrinha no MS
CI
Agronegócio

BB já espera pedidos de custeio para safrinha no MS

BB de Dourados (MS) começará a receber nesta semana os primeiros pedidos
Por:

A agência de agronegócios do Banco do Brasil de Dourados (MS) começará a receber nesta semana os primeiros pedidos de contratação de custeio do milho safrinha, dando a arrancada no plantio das culturas de inverno. O prazo final recomendado pelo zoneamento agrícola para a semeadura deste grão é 10 de março.

O setor rural do banco trabalha com o crescimento da área plantada de milho 2ª safra neste ano, diante da sinalização de bons preços no mercado interno e externo, assinalou ontem o agrônomo Gilberto Bernardi. Como ainda não existe levantamento oficial da provável área, a assistência técnica trabalha com um crescimento entre 15% a 20% da cultura do milho.

Em Dourados – maior produtor da safrinha no Estado, em 2006 foram plantados 75 mil hectares. Nesta região, as lavouras foram superiores a 500 mil hectares.

Segundo Bernardi, o Banco do Brasil já encaminhou para os escritórios de planejamento agropecuário todas as instruções para o financiamento do milho de inverno para a elaboração do projeto de cada agricultor. Por isso, a expectativa é de que na última semana de fevereiro os primeiros pedidos cheguem à agência.

Na safra passada foram feitos em torno de 450 contratos de custeio do milho. E diante da perspectiva de aumento da área, pelo menos, o mesmo número de produtores seja atendido com os recursos oficiais. Neste ano, o limite para o empréstimo da cultura do milho é de R$ 400 mil por agricultor, com o financiamento de 100% do contrato. O limite de crédito de cada um será definido pelo banco, após a apresentação do recibo de depósito da safra de verão, no caso, a produção da soja.

O agrônomo do Banco do Brasil lembrou que mesmo depois do plantio do milho, o crédito de custeio pode ser aprovado, após uma vistoria do técnico na propriedade. Muitos produtores que já conseguiram colher as primeiras lavouras de soja precoce, fizeram a semeadura do milho na sequência da linha da colheitadeira.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink