Biodiesel: divulgado resultado de chamamento público
CI
Agronegócio

Biodiesel: divulgado resultado de chamamento público

As três regiões foram escolhidas por apresentarem fragilidades que dificultam a participação de agricultores familiares no programa de forma eficiente e sustentável
Por:
Quatro cooperativas foram selecionadas no chamamento público realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) para fortalecer a participação da agricultura familiar no Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB) nas regiões centro-oeste, nordeste e semiárido. As três regiões foram escolhidas por apresentarem fragilidades que dificultam a participação de agricultores familiares no programa de forma eficiente e sustentável.

O resultado foi divulgado nesta quarta-feira (7) pela Coordenação Geral de Biocombustíveis (CGBIO) da Secretaria de Agricultura Familiar (SAF/MDA).

Formam selecionadas a Cooperativa de Produção da Agricultura Familiar e Bio Combustíveis do Estado do Ceará (COOPERBIO), Cooperativa Central dos Empreendedores do Estado da Bahia (CCES), Cooperativa Mista Agropecuária do Rio Doce (COPARPA) e Cooperativa dos Agricultores Familiares do Vale do Bijuí (COOPERBIJUÍ).

Na seleção, a SAF/MDA seguiu critérios como a qualidade da proposta da cooperativa, o atendimento aos critérios administrativos e a experiência da instituição no tema do chamamento, além do currículo dos técnicos. Os beneficiários diretos do chamamento são agricultores familiares, situados nos Territórios da Cidadania, vinculados as cooperativas selecionadas pelo MDA.

As cooperativas vão atuar para melhorar a qualidade dos serviços em temas como redução da pobreza rural, sistemas de produção sustentáveis, geração de renda e agregação de valor, segurança alimentar e nutricional, gênero raça e etnia, além de desenvolver ações com base em processos participativos, que potencialize a participação dos agricultores familiares no Programa.

Dados do último balanço do MDA de 2010 apontam que nas regiões centro-oeste, nordeste e semiárido, 21 mil famílias de agricultores forneceram R$ 100 milhões em matéria prima para 16 cooperativas naquele ano.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.